Marcos Henrique é o novo técnico do JF Vôlei

O profissional, que foi auxiliar técnico e analista de desempenho na temporada 17/18, assume o comando do JF Vôlei,

O JF Vôlei já tem um novo comandante contratado: Marcos Henrique do Nascimento, 29 anos. Natural de Santos-SP e formado em Educação Física pela Universidade Santa Cecília, trabalhou como auxiliar técnico e analista de desempenho da equipe juiz-forana na última temporada, chegando até a substituir o treinador Henrique Furtado na partida diante do Corinthians pela Superliga.

Conhecido por trabalhar com as categorias de base, Marcos Henrique acumula passagens pelo Bento Vôlei-RS e Santos-SP. Na equipe gaúcha, foi o treinador de algumas categorias na base e analista de desempenho do time adulto. Já na equipe paulista, foi auxiliar técnico e analista do time juvenil feminino.

De acordo com Marcos Henrique, a ideia de dar oportunidade aos jovens foi preponderante para aceitar a proposta: “A negociação foi tranquila. Gostei muito do projeto e da forma transparente como as coisas são tratadas. A ideia de fomentar as categorias de base e dar oportunidade aos jovens me encheu os olhos, afinal minha maior experiência vem das categorias de base. Fiquei muito feliz e grato com a oportunidade, sabendo da grande responsabilidade, mas muito confiante com o novo desafio.”

O diretor técnico do JF Vôlei, Mauricio Bara, elogiou o trabalho do novo treinador na última temporada e a forma como enxerga o uso da categoria de base, justificando a escolha: “O bom trabalho desenvolvido por ele na temporada passada, tanto de auxiliar, como de analista de desempenho, era o responsável pelos estudos dos jogos. O momento que ficou no comando do time contra o Corinthians e preparação para o duelo contra o Minas. Além do respeito demonstrado pelo projeto, mesmo quando não havia a certeza de ter uma equipe para a temporada, ele se colocou à disposição para ser o coordenador das categorias de base. Por fim, o histórico dele em trabalhar com a base, o que ele fez muito bem em Bento Gonçalves, e o entendimento de abrir espaço para nossa categoria de base dentro do projeto. Uma soma de fatores importante para dar uma chance a um treinador jovem, o que é nossa característica no projeto.”

Além do treinador Marcos Henrique, outros quatro profissionais já estão contratados: Vinicius Figueiroa (preparador físico – remanescente da temporada 17/18), Lucas Mostaro (fisioterapeuta – remanescente), Fernanda Brandão (auxiliar técnica) e José Augusto Pereira (auxiliar técnico e analista de desempenho). A preparação para a disputa do Campeonato Mineiro e da Superliga B está prevista para começar no início de agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *